Notícias

Bahia ajuda zagueiro da seleção brasileira de 50

18 nov 2007 | 12H30

Ciente das dificuldades que o ex-zagueiro do Bahia e da seleção brasileira de 1950, Juvenal Amarijo, vem enfrentando, a diretoria do Bahia já vem mantendo contato com o família do ex-jogador tricolor.

No último sábado(17/11), o superintendente da divisão de base do Bahia, Enaldo Rodrigues foi até a casa de Juvenal, em Jauá, onde constatou a necessidade de uma reforma, para melhorar as condições de moradia e fez um levantamento de materiais de construção, para uma reforma emergencial.

Enaldo Rodrigues irá retornar à casa de Juvenal Amarijo nesta segunda-feira, acompanhado de um profissional da construção, para avaliar o tempo necessário para a execução da obra.

Com 84 anos de idade e várias complicações de saúde, como a dificuldade de locomoção, Juvenal Amarijo não poderá permanecer na casa, durante a reforma e o vice presidente médico do Bahia, Dr. Marcos Lopes, está providenciando uma internação em um hospital de Salvador, para realização de tratamento médico.

Com tudo correndo bem, nos próximos dias, Amarijo será internado e sua casa será reformada.

O presidente Petrônio Barradas tem dado atenção especial ao assunto e em outra oportunidade, já havia oferecido ajuda a família do ex-zagueiro da seleção brasileira, inclusive o internando no Hospital Irmã Dulce, por intermédio do Dr. Marcos Lopes.