Notícias

Bahia acerta com treinador de Seleção para 2003

Diretoria tricolor chega a acordo com Candinho e técnico fica no clube por mais um ano.

06 dez 2002 | 15H23

O presidente do Bahia, Marcelo Guimarães, e seu diretor de futebol, Petrônio Barradas, chegaram a um acordo com Candinho e acertaram a permanência do ex-treinador da Seleção Brasileira e de sua comissão técnica no clube para a temporada de 2003. Esta vai ser a quarta passagem de Candinho pelo Tricolor, clube com o qual tem grande identificação e já conseguiu excelentes resultados – em 1990, levou o Bahia à terceira colocação do Campeonato Nacional; em 1991, ficou entre os 10 melhores do país; e este ano, manteve o Esquadrão na elite do futebol pentacampeão do mundo.

Com a confirmação de Candinho no cargo de treinador, a diretoria do Bahia atende ao desejo quase unânime da Nação Tricolor, que exigiu a permanência dele no cargo, devido ao sucesso no comando técnico do clube. Juntamente com o preparador físico Flávio Trevisan e o auxiliar Coronel Edson Pimenta, Candinho fechou contrato com o Tricolor até o final do ano que vem. Toda comissão inicia os trabalhos de pré-temporada no próximo dia 2 de janeiro, data da reapresentação do elenco de jogadores profissionais.

“Acertamos as bases salariais de forma tal que não extrapolasse as metas financeiras do clube para 2003. Felizmente, contamos com a compreensão do Candinho, que aceitou nossa proposta e demonstrou uma vontade tremenda de dar continuidade ao trabalho iniciado ao Bahia em 2002. É uma honra contar com a competência de um treinador com passagem pela Seleção Brasileira ”, disse o presidente Marcelo Guimarães.

“Estou muito feliz de ter acertado com o Bahia. Me sinto muito satisfeito em trabalhar aqui, onde tenho a confiança, o respeito de todos, e ótimas condições de trabalho. Espero que em 2003, com mais tempo para trabalhar e montar o time, a gente consiga conquistar os títulos que a torcida tanto espera”, disse Candinho.