Notícias

Análise física

Fisiologista Maurício Maltez explica atual condição física dos atletas

26 jun 2019 | 17H11

Em mais um dia de intertemporada, o fisiologista Maurício Maltez foi o entrevista na sala de imprensa do Fazendão. Antes do treino desta quarta-feira (26), o profissional falou sobre a importância da folga de 10 dias e como os atletas chegaram após o recesso.

“A gente teve um recesso de dez dias e eu diria esses dias que foram importantíssimos para que a gente pudesse dar um descanso aos atletas. Eles foram orientados a ter esse momento de folga. Tivemos 40 jogos na temporada. Quando a gente tem a oportunidade de oferecer um descanso para que os atletas possam desfrutar disso, é muito importante. Na chegada os atletas passam por avaliação, embora a gente entenda que dez dias não é tempo suficiente para gerar o destreinamento. Eles chegaram em condição física muito boa, diria até melhor do que quando saíram, justamente por esse descanso desses 10 dias. Vale ressaltar que alguns atletas, como Ramires, não tiveram férias no fim do ano. Outros que vieram de outros países e tiveram que se adaptar ao tipo de treinamento do clube e do Brasil. Nada melhor do que aproveitar esse recesso para descansar e fazer uma intertemporada, para que no fim do ano seja desfrutado com a melhor parte física possível”, disse.

Maurício também explicou os benefícios dessa parada de quase um mês sem jogos para o desempenho físico no restante da temporada. Para o fisiologista, a pausa será importante para condicionar melhor os atletas para o segundo semestre.

“A ideia é justamente ter, no recesso, quando teremos duas semanas, treinar essas valências físicas que não são treinadas quando se tem sequência de jogos. O Bahia teve uma sequência enorme de jogos. Muitos atletas tiveram que jogar essa sequência de jogos um atrás do outro. Sentimos que, nas últimas partidas, houve uma queda de rendimento. Ainda bem que tivemos a parada para dar uma respirada e para voltar a trabalhar coisas importantes para o futebol. A ideia é aproveitar essas duas semanas para voltar a disputar uma partida em alto nível. Dessa forma que estamos planejando. O Bahia tem hoje uma integração muito grande em todas as partes do clube. Todos os trabalhos desenvolvidos em campo são articulados entre todos os departamentos”, falou.

Ouça a entrevista completa:

 

Fotos – Felipe Oliveira/EC Bahia