Notícias

Análise

Técnico Doriva comenta empate contra o Náutico

31 maio 2016 | 22H58

Após o empate sem gols com o Náutico na Arena Fonte Nova, o técnico Doriva concedeu entrevista coletiva para a imprensa.

O treinador lamentou o resultado em casa, mas afirmou que não tem tempo para lamentar, pois na sexta-feira (3), o tricolor já tem outro desafio em Salvador. O Esquadrão enfrenta o Paysandu, às 19h15.

“A gente tem que lamentar porque não fomos eficientes. Para vencer as partidas a gente precisa fazer os gols. O volume de jogo foi importante. No primeiro tempo tivemos 75% e no segundo, 63%. Tivemos a posse de bola, criamos ocasiões, mas mais uma vez a gente não conseguiu fazer os gols. O gol é que faz a equipe vencer. Ficamos frustrados, o torcedor fica frustrado porque a equipe não conseguiu fazer o dever de casa. Menos mal que temos mais um jogo em casa e temos que vencer para não distanciar do G-4”, disse.

Sobre a próxima partida, o técnico quer a equipe com o mesmo ritmo da primeira etapa diante do time pernambucano.

“Vou rever o jogo e vamos fazer o possível para colocar uma equipe competitiva, que faça o que a gente fez no primeiro tempo e que consiga fazer os gols. O volume de jogo só é recompensado se houver os gols. Infelizmente a gente não fez e logicamente que fica esse ambiente ruim. A expectativa era de fazer os três pontos. Mas vamos continuar trabalhando que na sexta-feira tem mais”, falou.

Ouça a entrevista aqui.