Notícias

0 a 0

Bahia e Cruzeiro empatam na Fonte Nova

20 jul 2019 | 19H01

Com um jogador a menos em campo por todo o segundo tempo, o Bahia fez uma partida de muita raça e superação na Fonte Nova, e apesar de ter pressionado o Cruzeiro na etapa final, o Tricolor ficou mesmo no empate em 0 a 0 na noite deste sábado (20), na Fonte Nova, pelo Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Esquadrão tem 15 pontos na tabela, aguardando ainda os outros resultados da 11a rodada. A equipe volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo (28), quando visita a Chapecoense.

Em campo, Bahia e Cruzeiro variaram bastante suas estratégias na etapa inicial. Sempre marcando com todos os homens atrás da linhas da bola, quando tinham a posse, trocavam muitos passes e cadenciavam o jogo. Já os contra-ataques eram definidos rapidamente.

Se sobrou aplicação tática, faltou mais eficiência ofensiva aos dois lados. Os goleiros pouco foram exigidos e foram seguros nos raros chutes de longa distância. A melhor chance dos primeiros 45 minutos foi do time mineiro, logo aos 13, num lance de bola parada em que a bola sobrou livre para Éderson marcar quase na pequena área, mas ele carimbou a trave.

Aos 43, o atacante Arthur Caíke recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso, o que mudou todo o panorama para a etapa final. Contudo, quando se esperava que o Cruzeiro fosse para cima, o que aconteceu foi contrário, com o Tricolor crescendo sua produção ofensiva e dominando as ações.

Em boa estreia, Lucca ameaçava partindo para cima dos defensores e empurrando o time mineiro para o campo de defesa, mas com o adversário recuado, as melhores oportunidades surgiram mesmo em lances de escanteio e chutes do fora. Aos 16,  Juninho arriscou de longe e Rafael espalmou para fora. Aos 19, o zagueiro tentou novamente de cabeça, após córner batido por Artur, mas a bola foi para fora.

Seguro na defesa e evitando a maioria dos contra-ataques do Cruzeiro, o Bahia tentou o gol do triunfo até o fim, mas o placar terminou mesmo em 0 a 0.

O Bahia atuou com Douglas; Ezequiel (Ronaldo), Lucas Fonseca, Juninho e Giovanni; Gregore, Flávio, Eric Ramires (Lucca), Arthur Caíke e Artur; Gilberto (Fernandão).

Confira aqui a galeria de imagens do fotógrafo Felipe Oliveira.