Notícias

“Nação Tricolor” comemora 5 anos

Sob comando do radialista Dito Lopes, programa dedicado exclusivamente ao Bahia, na rádio Excelsior, faz aniversário.

27 jul 2004 | 13H00

Darino Sena

O próximo domingo é uma data especial para os ouvintes do “Nação Tricolor”, programa da rádio Excelsior AM dedicado exclusivamente ao Bahia. A atração, comandada pelo radialista Dito Lopes, completa aniversário de cinco anos no ar.

A edição especial de aniversário, neste domingo, das 13h30min às 14h30min, conta com a participação ao vivo do técnico Vadão, do presidente Marcelo Guimarães e de outras personalidades importantes. O departamento de marketing do Bahia vai doar camisas oficiais, ingressos e outros brindes licenciados do clube para serem sorteados ao longo da programação.

O sucesso do “Nação Tricolor” começou no dia 31 de julho de 1999, data da primeira edição. Desde então, o programa conquistou seu espaço com muita credibilidade, seriedade e competência. Obteve também a assiduidade de centenas de ouvintes de todo Estado.

“É uma relação de confiança estabelecida com a torcida, graças à nossa independência. Sempre mantivemos autonomia, antes de mais nada. É isso que confere credibilidade e nos mantém há tento tempo no ar, com um sucesso absoluto”, declarou dito.

Hoje, o “Nação Tricolor” é um dos líderes de audiência na programação da Rádio Excelsior da Bahia, uma das maiores potência da AM no Estado.

“É um orgulho muito grande manter um espaço como esse. Não é fácil. Estamos nos mantendo com sacrifício e ajuda das pessoas que acreditam na gente. Apesar de tudo, é gratificante trabalhar para uma massa tão apaixonada e fiel como a torcida tricolor”, declarou Dito, que apresenta o programa deste o início.

De jogador a radialista

Soteropolitano, nascido em 15 de julho de 1964, esse filho de um português com uma baiana de Ilha de Maré tem muita história para contar no mundo do futebol.

Dito é ex-atleta profissional. Foi zagueiro. Jogou no Botafogo/BA, Vitória, Galícia e Ypiranga. Apesar da passagem pelo rival, Dito se manteve como um autêntico tricolor. “Tá no sangue. Meu pai, minha mãe e meus 10 irmãos são fanáticos pelo Bahia. E eu não tenho vocação para ovelha negra”, brincou.

A carreira no rádio começou um ano depois de pendurar as chuteiras, em 1992. Começou na rádio Bandeirantes FM. Já trabalhou na Salvador FM, rádio Bahia, teve uma rápida passagem pela rádio Cultura e TV Aratu. Mas fincou raízes na rádio Excelsior, onde atua desde 1995.

A idéia de comandar o “Nação Tricolor” surgiu em 1999. “Queria fazer um programa dedicado ao meu clube de coração, que atendesse às necessidades do torcedor do Bahia e o mantivesse informado da melhor maneira possível. Graças a Deus, deu certo”.

Uma das figuras mais carismáticas e simpáticas do cotidiano da imprensa esportiva da Bahia, além de comandar o Nação Tricolor, aos domingos, Dito é o repórter setorista do Bicampeão Brasileiro na rádio Excelsior.

Ele cobre os treinos e os jogos, inclusive fora de Salvador, pela equipe chefiada por Mário Freitas. Dito pode ser ouvido diariamente no programa “Show de Bola do Meio-Dia”, que vai ao ar das 12h às 14h.

Apesar do sucesso como radialista, Dito não abandonou o futebol. Segue disputando campeonatos amadores, só que agora como atacante, e dos bons. O currículo comprova. Ele foi o artilheiro dos últimos setes campeonatos de radialistas e goleador máximo do Campeonato Baiano de Masters, disputado ano passado. De quebra, ainda levou o Ypiranga a conquistar o título.

“Meu sonho sempre foi jogar no ataque, desde menino. Só que aí os treinadores me colocavam para jogar na zaga, por causa da altura (1,86m), e acabei mo profissionalizando como defensor”, justifica.

Dito é casado com Alessandra e pai de duas filhas, Caroline e Julia. O pai garante – é uma família formada somente por tricolores.

Patrocinadores

Confira a relação dos principais patrocinadores do “Nação Tricolor”:

– CRIMAC

– QUEIJOS IATAROLA

– FREEDOM

– SECRETARIA DE CULTURA E TURISMO DO ESTADO

– STILO LIVRE

– ESCOLA DE ENGENHARIA ELETRO-MECÂNICA DA BAHIA